Coren/PR participa de reunião comunitária em Tijucas do Sul

A convite do Ministério Público do Paraná, o Coren/PR participou da reunião comunitária do Programa Suscom+ em Tijucas do Sul, na região metropolitana de Curitiba. O projeto, desenvolvido pelo Centro de Apoio Operacional das Promotorias da Saúde do Paraná, visa aproximar a comunidade ao processo de decisão das prioridades para fortalecer a Atenção Básica nos municípios. Esta foi a primeira vez que o Coren/PR foi convidado a participar do encontro que já vem acontecendo desde 2018 no Paraná por meio das Promotorias de Saúde do Estado.

A presidente do Coren/PR, Simone Peruzzo, parabenizou a iniciativa do Ministério Público e se colocou à disposição para contribuir no fortalecimento do SUS. “A participação da comunidade é essencial para o fortalecimento da saúde pública de qualidade. A evolução do SUS depende da participação de todos e o profissional de enfermagem tem papel fundamental nessa área. Desejamos que nossa força de trabalho seja melhor utilizada e dimensionada para promover mais saúde aos cidadãos paranaenses”, disse. Simone ressaltou que 60% dos profissionais de enfermagem do estado, entre auxiliares, técnicos e enfermeiros, trabalham no sistema público.

O procurador Dr. Marco Antônio Teixeira expôs o levantamento da situação de saúde de Tijucas, dados de 2017, e depois, a comunidade pôde apontar os principais problemas de saúde pública enfrentados na cidade, bem como elencar suas demandas prioritárias. A audiência pública contou com a participação do prefeito e secretária da Saúde do município, vereadores, representantes do governo do Estado, Consórcio Intermunicipal de Saúde - Comesp e do Conselho Regional de Secretarias Municipais de Saúde.

O Programa – O Suscom+ busca identificar, com base na participação ativa da população, as principais questões relativas a ações e serviços públicos na área da saúde pública existentes no município, bem como articular com os setores governamentais e não-governamentais a elaboração de estratégias e práticas para implementá-las adotando-se a lógica de ouvir para fazer.

Segundo descrito na página do projeto, “do ponto de vista do Ministério Público, o intento é o de descentralizar as intervenções do Centro de Apoio Operacional das Promotorias da Saúde do Paraná, aprofundando, organizando e disseminando ações institucionais de execução em municípios do Paraná, com maior atenção à ausculta da população e para as correspondentes providências por parte da administração pública. Espera-se, por essa via, que a voluntária integração dos promotores de Justiça e do Centro de Apoio, junto aos demais interlocutores, possa adicionar conhecimento sanitário, valor e inovação à atuação ministerial”.

Postado em Uncategorised

Imprimir Email

Copyright © 2015 Coren/PR. Todos os direitos reservados.
Customizado por DTI/ASCOM do Coren/PR.